Projeto Surf para Vida completa 10 anos em atividade

Um simples sonho em proporcionar aulas de surf gratuitas e momentos de lazer a crianças e instituições carentes com o projeto ‘Surf Solidário’, nesse ano completou 10 anos de atividade.

Hoje renomeado de Projeto Surf para Vida, as atividades vão muito além do que o simples fato do subir em uma prancha. Crianças e adolescentes que passaram pelo projeto, descobriram novos sentidos e descobertas, por estarem em contato com um esporte que tem o contato direto com a natureza, apesar de individual, convivência em grupo, respeito com o ser e o habitat, o pé na areia, o cair e levantar, o não desistir, o se divertir e ver que é possível são sensações e bagagens indiretas que as crianças levam.

Com a iniciativa há 10 anos atrás, do instrutor responsável Claudio Touguinha ( Kssino Surf Escola), o projeto hoje, além de atender grupos de crianças itinerantes (passaram em torno de 825 crianças), durante esses verões, no seu terceiro ano consecutivo consegue atender uma turma em um período maior, onde 16 crianças e adolescentes, dos bairros Atlântico Sul e Querência da praia do Cassino (número nesse ano reduzido devido a pandemia), tem aulas duas vezes por semana no turno da manhã das 9h as 12:30 com inúmeras atividades que vão muito além da prática do esporte.

Nesta temporada (final de verão/outono), mesmo em meio a uma pandemia, a responsabilidade aumentou, porém junto com a vontade de fazer acontecer em um dos bairros periféricos de Rio Grande o projeto foi realizado com um cunho maior de tentar passar a conscientização dos protocólos de segurança pessoal e com os outros. O apoio institucional foi da CMPC em parceria com a Otroporto.

Separamos três galerias de fotos onde as imagens falam por si só…

… por Kssino Surf Escola / Fotos Julieli Portilho e Claudio Touguinha

 

Compartilhar:Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Confira o conteúdo completo do site